Nelson Queiroz Tanure
Presidente do Conselho de Administração da PetroRio

PetroRio

PetroRio alcança lucro de R$ 71,5 milhões no terceiro trimestre de 2018

31 de outubro de 2018

PetroRio alcança lucro de R$ 71,5 milhões no terceiro trimestre de 2018
PetroRio alcança lucro de R$ 71,5 milhões no terceiro trimestre de 2018

A PetroRio anunciou que concluiu o terceiro trimestre de 2018 com lucro de R$ 71,5 milhões, o maior já alcançado para um trimestre na história da companhia A receita no período foi de R$ 224,6 milhões - 104,2% em relação ao mesmo trimestre de 2017.

O resultado operacional contabilizou R$ 130,1 milhões - alta de 243% frente ao terceiro trimestre de 2017, sendo considerado outro recorde da petroleira.

Impulsionada pelos fortes resultados operacionais, a PetroRio alcançou R$ 91,2 milhões de EBITDA no trimestre, com margem de 41%. O valor é o maior já registrado pela Companhia pelo segundo trimestre consecutivo.

Além dos ótimos resultados, a empresa anunciou que vai realizar a aquisição de uma participação de 18,26% no Campo de Frade, localizado na Bacia de Campos. Agora, a empresa soma cinco ativos, sendo três em produção.

“Os resultados apresentados demonstram a trajetória de sucesso que estamos trilhando ao longo desses quatro anos de operação. A nova aquisição é mais um passo para nosso foco em crescimento e solidez no mercado, além de contribuir para diversificar ainda mais nosso portfólio de ativos, tornando nossa Companhia cada dia mais atrativa", conta Nelson Queiroz Tanure, Presidente do Conselho de Administração da PetroRio.

Nelson Queiroz Tanure, Presidente do Conselho de Administração, ainda destacou: “O ano de 2018 está sendo de grandes conquistas e buscamos manter essa linha crescente na história da empresa”.

Os Campos de Polvo e Manati

O Campo de Polvo obteve resultados positivos: no 3T18 foram produzidos 927,4 mil barris, uma média de 10.081 barris por dia - volume 31,7% maior que o registrado no mesmo período de 2017.

Manati, por sua vez, contribuiu com R$ 30,9 milhões, referentes à participação de 10% da PetroRio no consórcio de gás natural.
Fonte: PetroRio