Nelson Queiroz Tanure
Presidente do Conselho de Administração da PetroRio

PetroRio

PetroRio registra resultados financeiros recordes em 2019

20 de fevereiro de 0020

PetroRio registra resultados financeiros recordes em 2019
PetroRio registra resultados financeiros recordes em 2019

A PetroRio registrou resultados financeiros recordes em 2019: o lucro líquido atingiu R$ 688,4 milhões, com alta de 236% em relação ao ano de 2018, e receita líquida de R$ 1,644 bilhão, um crescimento de 94% na comparação com 2018.

Já o EBITDA ajustado alcançou R$ 792 milhões, após aquisição do Campo de Frade e captura de sinergias com o Campo de Polvo, operado pela PetroRio.

“Estes aumentos significativos em nossa produção e reduções relevantes nos custos por barril revelou mais um ano de superação e entregas”, disse Nelson Queiroz Tanure, Presidente do Conselho de Administração da PetroRio.

As novas aquisições realizadas pela PetroRio deu à companhia ganhos de eficiência e investimentos na revitalização de campos, com produção média de óleo e gás que saltou de 11.673 mil barris/dia em 2018 para 19.209 mil barris/dia em 2019 - alta de 65%.

As aquisições da PetroRio em 2019

A PetroRio teve o ano de 2019 marcado por aquisições estratégicas. Em novembro, a petroleira assinou um acordo de compra de 30% do Campo de Frade com a Petrobras, passando a deter 100% do ativo. Para 2020, a PetroRio planeja iniciar o Plano de Revitalização do Campo de Frade, que busca aumentar o fator de recuperação do ativo e atender às condições da ANP para a extensão da concessão até 2041.

Em fevereiro de 2020, a Companhia assinou contratos para a compra da embarcação OSX3 (um FPSO), por US$ 140 milhões, e de 80% (“farm-in”) do Campo de Tubarão Martelo, onde OSX-3 encontra-se afretada, permitindo a interligação entre os campos de Polvo e Tubarão Martelo.

Além disso, a petroleira implementa, desde a conclusão da aquisição da operação e de 52% de Frade (em março de 2019), medidas de redução de custos por de sinergias operacionais e logísticas com o Campo de Polvo. Em outubro de 2019, também anunciou a conclusão da aquisição dos 18% de Frade, que adicionou cerca de 3,5 mil barris à produção diária da Companhia.
Fonte: PetroRio